Medinica Naturista

Medicina Naturista

 

         O termo medicina naturista é atualmente considerado sinônimo de medicina natural, baseado essencialmente na utilização de remédios de origem natural, em um contexto ecológico, e está incluído, juntamente com outras terapias como a homeopatia e a acupuntura, nas chamadas terapias complementares, ou medicina integrativa.

 

A medicina naturista é classicamente baseada nos seguintes princípios:

  • Globalidade: Unidade funcional do organismo. O corpo humano funciona como um todo;

  • Princípio fisioterapêutico: O corpo é um sistema auto-organizado que busca sempre o equilíbrio, através do Vis Medicatrix Naturae  ou força curativa da natureza humana;

  • Promover a saúde através da higiene (entendida como forma de vida que mantém e fortalece a saúde): Alimentação saudável (com abundantes de frutas, verduras, cereais e leguminosas), exercícios, hábitos saudáveis, relaxamento e outras medidas que ajudem a promover a saúde e a prevenir e promover a cura de doenças;

  • Os agentes naturais são o primordial para auxiliar na cura. Os remédios de origem natural, de baixa intensidade terapêutica atuam no corpo com estímulos suaves, com baixo índice de efeitos colaterais: Alimentação (dietoterapia), plantas medicinais (fitoterapia), relaxamento (sofrologia, psicoterapia), ar (aeroterapia), água (hidroterapia, balneoterapia), sol (helioterapia), terra (geoterapia), clima (climoterapia), técnica de movimentação manual e massagem terapêutica etc. a tudo isso se soma a educação em saúde para a adoção de hábitos saudáveis.

  • Não existem doenças, mas sim pessoas doentes: A terapia naturopática não procura doença, mas pessoas nas quais ativar os sistemas de resposta geral do corpo;

  • A febre banal é uma manifestação do processo natural de cura; então se repete e se canaliza;

  • Drogas de síntese e vacinas são principalmente prejudiciais ao corpo;

  • É importante regular a vida de acordo com as leis naturais.